As 9 maiores dúvidas sobre orquídeas

- Por que não devo colocar prato embaixo?
Tudo bem que você goste de água, mas como se sentiria se tivesse de usar meias e sapatos encharcados? Além do desconforto, a umidade atrairia frieira, certo? Pois acontece exatamente a mesma coisa com as plantas (bem, menos para as aquáticas…). Mesmo as que gostam muito de água dificilmente curtem ficar com as raízes constantemente molhadas. Nas orquídeas, a umidade é bem vinda, mas, em excesso atrai fungos e bactérias que podem ir minando a planta de tal forma que ela acaba morrendo. Evite o problema simplesmente plantando em vaso de barro com furos e deixando o substrato secar ligeiramente entre uma rega e outra.

- Posso plantar na terra?
Pode só se a orquídea for terrestre — caso da orquídea-bambu (Arundina bambusifolia). O problema é que a maioria das orquídeas não cresce naturalmente no solo e, sim, sobre árvores, são as chamadas orquídeas epífitas. Para imitar o tronco de uma árvore, que é bem arejado, a gente usa substrato, uma mistura de vários materiais. Ele pode ser feito com um ou vários destes materiais: pedacinhos de carvão, casca de coco, fibra de coco, cavaco de madeira, casca de pinus, sem falar nos ingredientes regionais, como semente de açaí, sabugo de milho e semente de babaçu. Substrato para orquídeas é encontrado com esse nome em qualquer boa floricultura.

- Qual é o vaso certo para ela?
Ela costuma ser vendida em vaso plástico furado no fundo, mas, se puder, transfira para um de barro com muitos furos laterais. Esses vasos têm dupla função: ajudam a escoar o excesso de água das regas e mantêm as raízes arejadas. Além disso, não esquentam tanto como os vasos plásticos pretos. Há uma porção de formatos e tamanhos — alguns parecem funis, ideais para orquídeas pequenas que apreciam alta umidade, já que o funil fica cheio de água e a planta, amarrada do lado de fora. Há também vasos em forma de meia lua, para serem fixados na parede. Se tiver pouco espaço, você pode usar vasos de morango para cultivar várias orquídeas num só recipiente, como eu mostro neste vídeo.

- Preciso só dar água e mais nada?
Teoricamente, sim, já que o oxigênio e os nutrientes mais elementares a planta pode retirar sozinha do ambiente. No entanto, estamos falado de orquídeas cultivadas em vaso, limitadas aos nutrientes do substrato, que logo se esgotam. Por isso, elas precisam repor os elementos mais importantes: nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca), magnésio (Mg) e enxofre (S). Os adubos químicos são formulados para repor os três primeiros nutrientes, daí a formulação se chamar NPK. Se você borrifar sua orquídea uma vez por mês com adubo NPK 20-20-20, ela pegará menos doenças e dará flores maiores e mais bonitas. Com um pouco de prática você descobrirá como usar adubos com formulações menos equilibradas ou com adição de outros elementos químicos.

- Toda orquídea deve ser amarrada em árvore?
Não. Esse suporte funciona melhor nas espécies epífitas, que descrevi anteriormente. Essas plantas naturalmente vivem sobre os galhos das árvores e gostam de deixar as raízes (ou parte delas) expostas. Esse é o caso da Vanda, da Phalaenopsis e do Oncidium, só para citar alguns dos exemplos mais conhecidos. Já espécies exigentes a altas taxas de umidade nem sempre gostam de ficar sobre árvores. É o que acontece, por exemplo, com o Paphiopedilum e o Phragmipedium, ambos conhecidos popularmente por “sapatinhos”. Deixe esses no vaso, com esfagno e substrato misto, para reter a água de que eles tanto gostam.

- Para quê servem aqueles nomes estranhos?
Assim como nós, as orquídeas têm nome e sobrenome. O delas é escrito em latim ou grego, para que pessoas no mundo todo possam reconhecer a mesma planta, não importa que língua falem. Essa forma de anotar os nomes científicos é adotada também para descrever outros seres vivos, de algas gigantescas a insetos microscópicos, de elefantes a amebas. O primeiro nome representa o gênero a que determinada planta faz parte, como se fosse uma grande família cheia de integrantes. O segundo nome, da espécie, define que planta é aquela. O gênero Dendrobium, por exemplo, possui milhares de espécies, dentre as quais está o Dendrobium nobile, mais conhecido por -olho-de-boneca.

- Quantas vezes por semana tenho de molhar?
Isso depende de muitos fatores: tamanho do vaso, tipo de substrato usado, espécie escolhida… Vasos muito fundos podem apresentar substrato seco na superfície, mas molhado perto das raízes. Substratos maciços retém mais água do que os porosos — é por isso que a gente rega menos as plantas que estão na terra do que aquelas que ficam amarradas em troncos. Se você está em Ribeirão Preto (SP), cultivando uma orquídea que exige altas taxas de umidade, vai ter de se desdobrar pra conseguir mantê-la úmida numa cidade tão quente. Via de regra, se está calor ou ventando, regue dia sim, dia não – ambos fatores desidratam a planta. No inverno, molhe duas vezes por semana. Procure fazer as regas sempre fora do horário de pico do sol, para não “cozinhar” as raízes.

- Dá flor o ano inteiro?
Não, nenhuma orquídea fica 12 meses com flor. Muitas florescem várias vezes ao ano, como acontece com a maioria das chuvas-de-ouro e com as Phalaenopsis híbridas. Há espécies que têm flores chamadas sequenciais, que não nascem todas de uma vez: assim que uma flor morre, outra já surge para substituí-la, mantendo a planta florida por muitos meses, uma característica da Doritis pulcherrima, por exemplo, a orquídea que ilustra este post. Também existem gêneros que têm floradas de curta duração, como acontece com as Stanhopea, cujas flores não passam de cinco dias. Mesmo assim, você terá flores o ano todo se escolher ao menos uma espécie que floresça em cada um dos meses.

- Onde encontro orquídeas mais em conta?
Híbridos de Oncidium, Cattleya, Dendrobium, Cymbidium e Phalaenopsis ficaram tão populares que são vendidos até em supermercados. Em exposições de orquídeas você encontrará espécies exóticas, muitas vezes de outros países, mas a um preço maior. Plantas premiadas podem ser compradas a preços bem amigáveis se forem mudas, o único problema é controlar a ansiedade, porque elas demoram anos para florir pela primeira vez. Na internet estão os preços mais baixos: as plantas costumam ser enviadas sem flores, bem acondicionadas em caixas de papelão, com toda a proteção para que não se machuquem na viagem. Busque no Google um orquidário perto de você e economize no frete.

  1. Ótimas dicas!!!
    Tenho uma Denphal e ela vai florir novamente! Estou super feliz porque sou iniciante… se ela está florindo é porque está dando certo rs

  2. Carol, você e super fofa, espontânea, simples, delicada….
    Estou aprendendo com suas ótimas dicas como cuidar das minhas querinhas.
    Obrigada por dividir seus conhecimentos e fotos.
    Beijos

  3. Oi Carol, adorei seus videos, muita ajuda sem muita frescura !
    Agora me diga por favor, tenho uma Phaleanopsis branca, ela deu flor duas vezes e agora saiu um broto no mesmo talo, como faço pra remover esse bebe? Pq não saiu nenhuma raiz e não sei se devo cortar em baixo ou esperar… Obrigada ! Saude e sucesso

    • O broto que saiu já tem folhas, Adriana? Ou é uma bifurcação das haste? Se não tiver folhas e raízes, deve ser uma haste nova que está surgindo da base de uma haste antiga. Se já tiver folhas, espere saírem algumas raízes para fazer o transplante, caso contrário, a muda não consegue se firmar nem absorver nutrientes e acaba morrendo.

  4. Parabens Carol, curto vc desde o blog Guindaste, gostei do site e espero que a parceria com a CASA.COM.BR continue dando bons frutos(ou plantas). Feliz 2013!!

  5. O que fazer quando uma orquídea (não conheço nomes das espécies, mas é uma orquídea que tem seu crescimento horizontal, um broto na frente do outro) só dá brotos com folhas, mas flor,nenhuma? Desde já, agradeço…

    • Adriana, é difícil dar orientação sem saber a espécie da orquídea certinho, mas, em linhas gerais, quando a planta está com as folhas bonitas, emitindo brotos e não dá flor, pode estar faltando ou sol, ou nutrientes ou os dois. Repare na cor da folhagem: se estiver verde bem escura, provavelmente falta sol pra planta. Mas não a coloque de cara no sol, vá, aos poucos, trazendo o vaso para um local com mais claridade, mudando um pouco por mês, para que a orquídea consiga se adaptar. A ausência de nutrientes também interfere na floração, por isso, procure adubar sua orquídea uma vez por semana, borrifando NPK 20-20-20 em toda a folhagem, nos dois versos das folhas. Faça isso seguindo as indicações de diluição do adubo exatamente como orienta o fabricante, porque adubo em excesso pode queimar as folhas e até matar a planta. Se você tem pouco tempo para se dedicar à adubação, uma saída é usar um adubo de liberação lenta, como Bokashi ou Osmocote. Tanto um quanto outro são colocados em cima do substrato, num cantinho na borda do vaso, geralmente uma colher de café pra cada vaso pequeno. Quando for regar a planta, regue em cima do adubo – ele dura entre 3 e 4 meses e vai soltando os nutrientes aos poucos para as raízes.

  6. Carol amei seus comentários, enfim desde de nova amo flôres em especial as orquìdeas gostei muito da suas dias aprendi muito espero poder acessar mais vezes e versuas dicas e seus vídeos …

  7. Carol, estou com dificuldades em encontrar vasos de barros com furos para parede, sabe me informar onde encontro com facilidade, principalmente em Niterói?

    Obrigadaa e Parabéns pelo site.

    :)

  8. Olá, Carol! tenho uma orquídea chocolate e depois de cair todas as flores o “talo” secou. É normal? quando nasce outro?
    Obrigado.

    Parabéns pelo site. Muito bom.

    • Luciano, é normal a haste secar depois que acaba a floração do Oncidium “Sharry Baby”, a orquídea-chocolate. Corte-o bem rente e coloque um pouquinho de canela em pó na cicatriz, para evitar que entrem fungos na planta. No ano que vem essa orquídea dará flores novamente. Ah, obrigada pelo elogio!

  9. Oi Carol!!! Mandei umas dúvidas para o Plantão, mas até agora não recebi resposta!! Minhas orquideas estão estranhas…. Enviei fotos também para vc me ajudar! Por favor, dá uma olhadinha lá!!! Se preferir me passa um email q eu envio as fotos e a mensagem novamente! Adorei te “conhecer” no YouTube e seus blogs! Vc é muito carismática!!!

    • Mariana, respondi seus 19 e-mails hoje. Foram tantos que pode ser que seu servidor tenha mandado pra lixeira achando que é spam! Dá uma olhada na sua caixa de mensagem, por favor? Obrigada pelo elogio! :)

  10. Nanana!!! Carolzita, falei contigo por email sobre um link com erro (ja corrigido, claro) e não me segurei, vim comentar aqui também!!! É sempre muito bom ter ler, assistir teus vídeos, colocar em pratica as dicas! Comprei minha primeira Orquídea na Feira de Flores de Nova Petropolis, aqui no RS! Se não estou fazendo confusão, é uma Dandrobium. Veio linda com flores e folhas novinhas, agora ela esta como se trocando suas folhas e as flores que secaram sao tão perfumadas que deixem se misturarem na base do vaso, fiquei com dó de jogar fora! Kkkkk!
    Hoje notei que apareceram duas folhas bebês no inicio do tronco, bem verdinhas, vistosas… Fiquei tão feliz, deve ser sinal que ela esta aprovando meus cuidados, né!!! Ai, ai, ai, tomara que sim!!!

    Beijos mil de uma leitora fã dos tempos do Guindaste! 😜

  11. boa tarde, tenho uma orquídea que produz botões (cacho) mas esses não abrem, por favor, você pode me ajudar, não sei o nome dela. Obrigada.

  12. Carol, nem preciso encher sua bola porque você já deve saber que está com tudo (e não está prosa). Adoro seus textos. O das lesmas, então… nossa, você é dez, menina! Preciso de uma dica. Pois bem. Moro em casa térrea mas com pouco espaço livre. Minhas orquídeas dividem espaço com a área da churrasqueira (em casa não tem mais churrasco e estou de vilã na parada) e com uma parte da garagem onde há claridade. Estou pensando em abrigar as pobrezinhas num canto de + ou – seis metros quadrados. Minha dúvida é a seguinte: como a incidência de sol nesse canto é mínima, mais a tarde (onde ele passa correndo), seria viável uma cobertura de telhas em PVC transparentes ou, se o dinheiro estiver sobrando, em policarbonato? O que acha? Bem, fique a vontade para não achar nada.. rsrs. Beijão! I’m follywing you! ; )

    • Hahahaha, obrigada pela prosa, Sonia! Escuta, mas se o sol já passa tão rapidinho nessa área, você realmente acha que convém cobrir? Pergunto porque você poderia aproveitar a incidência do sol com orquídeas que gostem de um tiquinho dele, o que acha?

  13. karol estou adorando as dicas que voçe tem mandado estao sendo muito util para eu poder cuidar das minhas meninas gstaria de saber onde encontro sapatihas cor de rosa pois tenho uma das mais simples que amo tambem mas me apaixonei pela cor de rosa ela e linda tambem bjs

    • Irene, não é difícil encontrar o Phragmipedium cardinale, o sapatinho cor de rosa que você cita. Há uma porção de orquidários que vendem essa espécie, mas esse sapato é daqueles que dá trabalho de cuidar, viu?

  14. Oi, Carol!

    Ganhei uma orquídea com flores lindas e alguns botões… todos já floresceram e quase todas as flores antigas já caíram, que pena! Cortei a haste sem flor no local indicado, no entanto, a minha orquídea parece que está com problemas: as raízes estão com aspecto de podridão, secas e quebradas, além de pretas… socorro!!! O que devo fazer para salvá-la??? Ah, ela já tem uns seis meses e ainda tem algumas flores. E, no vaso de plástico, posso ver manchas brancas como se fossem fungos(não tenho certeza) e uns bichinhos mínimos andando pelo substrato e raízes! Por favor, me ajuda…
    Beijos!

    Valéria

    • Valéria, se as raízes estão secas e o substrato cheio de bichos, o jeito é fazer um transplante. Use um pouco de esfagno nas raízes para segurar mais a umidade entre uma rega e outra e complete o vaso com substrato misto (casca de pínus, pedacinhos de carvão e chips de coco). Aqui tem uma porção de vídeos sobre transplante: http://www.minhasplantas.com.br/tverde

  15. Oi Carol! Desde que descobri seu blog, estou tendo sucesso com minhas meninas. A primeira que resolvi replantar (uma phal grená), está com uma haste de uns 30 cm! Hoje comprei na Cadeg a 15ª (uma odontoglossum). Pior que moro em apartamento sem varanda, não sei mais onde colocá-las. Mas é que dá vontade de ter todas!Rsrsrs. Gostaria de saber qual espécie de orquídea fica legal de colocar em placa de xaxim (verdadeiro). Tenho algumas placas, mas não sei o que plantar nelas!

    • Márcia, seja bem vinda por aqui! Qualquer orquídea epífita (que vive em árvores) vai amar morar em xaxim, esse é o substrato preferido delas. Pode usar em Phalaenopsis, Oncidium, Dendrobium, Catasetum, Cattleya, Laelia e em uma porção de micros, como Ornithophora, Neofinetia, Pleurothallis…

  16. Boa noite Carol. Tenho algumas orquídeas em vasos que ficam na varanda – área externa (não sei os nomes corretos, a única que eu sei o nome é da orquidea chocolate). Florescem 1 vez por ano. Em algumas plantas as flores são grandes e duram semanas, mas em outras as flores são fraquinhas e mal formadas. Acredito que seja falta de nutrientes. Pesquisei na internet mas minha falta de conhecimento é um grande obstáculo. Que tipo de adubo eu posso colocar ? Todas elas estão plantadas em vasos com casca de árvore em pedaços. Obrigada, adorei seu site.

  17. Oi Carol tudo bem? gosto muito do seu site, sempre dou uma passadinha por aqui para ler suas matérias… além de aprender, eu me divirto muito… rsrsrs…

    Carol, por favor, gostaria de saber se além da adubação química das orquídeas, eu posso fazer também uma adubação orgânica? E como seria? Alternando as duas ou se posso fazer tudo junto?

    Desde já agradeço, muito sucesso e que Deus te abençoe sempre, abraço.

    Heleno Augusto.

  18. Olá Carol! pela primeira vez visitei uma exposição de orquídeas , fiquei tão encantada q acabei comprando algumas. Adquiri duas mudas de BLC e um vaso de BLC ADULTO no ponto de mudar a planta. Mas estou insegura para fazer isso, Por gentileza como devo cuidar dessas belezuras ?
    Já pesquisei sobre essas plantas e não encontrei nada com esse nome.
    o nome das mudinhas são:Blc.Rose whisper-sunsei e Blcchia Lin, New city AM/AOS
    Planta adulta:Blc. Tiffin belles

    • Alva, sapatinhos são as orquídeas mais tranquilas do mundo, perfeitas para quem está começando. Pode plantar direto no chão, sim, elas gostam de terra fértil, mantida úmida, e de ambiente ventilado, com muita claridade, mas sem sol direto.

  19. Olá,

    Gostei muito das dicas, principalmente agora que ganhei duas mudas de orquídea(uma branca e e uma rosa). To no maior mimo com elas, pois dizem que são difíceis de cuidar e florescer. A s flores da orquídea rosa cairam e eu gostaria de saber se devo cortar a haste ou deixar cair por si só.
    Obrigada!!
    Bjs

  20. Boa tarde Carol,
    Estou começando a cultivar orquídeas, nao conheço nada, quero me aprender, pois sao minhas flores mais preferidas. Devo colocar água de quando em quando?, li onde vc mostrou como colocar água adorei, mas vc não disse o intervalo.
    bjos.

  21. Olá tudo bem? tenho uma orquídea e as flores já cairão mais os galhos da orquídeas estão muchado menos as folhas tenho que cortar os galhos?

  22. Oi Carol! Comprei uma orquídea no vaso e quando fui passá-la para outro acabei quebrando o galho no meio. existe alguma forma de recuperá-la? Esta cheia de flores e botões, deu até uma dor no coração quando vi o que fiz! Beijoo

    • Bianca, esses acidentes acontecem e não costumam ser um desastre pra planta (só pra gente!). Elas perdem a florada, mas, se forem bem cuidadas, darão flor mais pra frente. A gente fica triste, claro – eu mesma já chorei por coisas assim aqui -, mas a planta se vira bem e segue seu ciclo. Ainda bem que flor não é rancorosa!

    • Difícil saber sem ver, Dario… Já recebi um e-mail desses antes e, na verdade, tinha duas espécies diferentes nascendo no mesmo vaso. Mas há casos de orquídeas que produzem flores masculinas e femininas muito diferentes entre si, pode ser que seja isso.

  23. Olá pessoal, não entendo nada de orquídea, mas fiquei sabendo que a primeira flor da Canela de Ema leva 25 anos pra nascer.Isto é verdade?Fico grato se puderem esclarecer-me.

  24. OI, Carol, em relação ao adubo posso colocar somente uma vez ao mes? estava colocando toda semana, ?e qual é a forma correta de colocar, eu só borrifo ou molho a planta toda com a água misturado com o adubo? outra dúvida o sol!!! Deixava minha plantas na sala e recebiam luz que vinham da janela da sala, porem já tenho elas a um ano e nada de flores agora numa delas está nascendo reikis, então comecei a colocá-las na janela da lavandeira que bate muito sol pela manha, a dúvida é : deixo o dia todo lá ou somente um hora pq chega um momento que o sol está bem intenso sobre elas, porem é somente de manha! minha orquidea é a phalaenopsis! tenho 3 ! minha ultima aquisição foi a mini, elas estão lindas , porem sem flores.

  25. Carol, estou precisando proteger minhas orquideas do sol que está muito quente… estou pensando em colocar telhas leitosas brasilit … será que não vai esquentar muito o local sendo que uma lateral e a entrada ficarão abertos?

  26. carol,achei uma orquidia que tem tres pendões de folhas mais cortaram as folhas as raizes estão secas.destrinchei dois com as raizes secas mesmo e coloquei em lugares diferentes uma coloquei numa tabua de madeira com estrumo e fibra de coco e as outras no coqueiro mesmo mais não estou vendo desenvolvimento faz duas semanas o que devo fazer?

  27. Boa noite,Carol.
    Tenho uma orquídea, phalenópolis, que desde 2011 nunca mais deixou de dá flores! Isso mesmo! São mais de dois anos que estão sempre floridas…Por que ocorre isso, sendo que orquídeas dão flores uma vez por ano?
    Desde já o agradeço pela sua atenção e parabéns pelo seu blog!

  28. Boa noite Carol. Adorei seu blog. Já aprendo várias coisas de como cuidar de minhas orquídeas, mas tenho uma dúvida. Ganhei duas hastes de uma orquídea baunilha e não sei como proceder para planta-las. Você pode me ajudar? Estão com raízes nas duas hastes e as folhas parecem bem saudáveis. Obrigado

  29. encontrei uma horquidea,ate entao eu nao sabia que era uma horquidea,em uma arvore,mas hoje ela esta na agua.so tem as folhas.posso deixa-la na agua?eu moro em apartamento nao tenho como planta-la em arvore.fiquei encantada por descobrir que era um horquidea,nao quero que ela morra.

  30. carol tenho algumas orquideas mais as raizes destas estao com aparencias de mortas mais algumas ja soltaram brotos o que posso fazer para soltar raizes

  31. Carol, uma duvida, comprei uma Vanda em um site, com haste floral, achei q valeria mais a pena, pela maior duração das flores… mas não sei se foi devido ao estresse da viagem ou a mudança de temperatura desse fim de semana ela abortou 2 ou 3 botoes… fiquei muito triste, qria comprar outra, mas nao sei se pego com haste de novo e fico mais esperta qto a temperatura, ou se o estresse da viagem foi realmente o maior causador do aborto… o q vc acha??? Haste floral ou já florida??? Bjos.

  32. Tenho uma orquídea chuva de ouro, mais ela está com novas raizes e brotos nascendo uma por cima da outra. Ficando com a raiz exposta ao sol, vento. Isso pode prejudicar nova floração ou tenho que retirar essa novas mudas. Desde já obrigada.

  33. Ola Carol estou com uma duvida cruel twnho uma orquidea qur floresce todo ano e neste ano no mesmo galho onde nascem ate 8 flores nasceu flores e uma das flores morreu e surgiu uma especie de broto mas é parecido com as hastes que saem da raiz o que faço com esse toquinho ??? e no mesmo galho ainda estão minhas florzinhas mais que lindas obrigado desde ja

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

De Verde Casa

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Sturm und Drang!

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Ladybug Brasil

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Com Limão

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Faça a sua parte

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Horta das Corujas

Horta Comunitária na Vila Beatriz, SP

Árvores de São Paulo

Verde urbano, árvores e resgate da biodiversidade nativa na metrópole

Orquídeas no Apê

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Porque a gente gosta de sujar as mãos de terra, digo, de substrato.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 147 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: